O Psicanalista

O psicanalista, nesse contexto, assume papel fundamental. Ele irá fazer o diagnóstico do paciente e orientar a análise dele de maneira que possa realizar o tratamento e curá-lo. Para isso, o profissional utiliza de suas principais ferramentas: a fala e a audição. É por meio do “fazer falar, e fazer ouvir” — previamente assinalados por Freud — que o psicanalista irá trilhar os três principais caminhos para análise: vencer resistências, interpretação e construção.

Mercado de Psicanálise no Brasil?

No Brasil, não há nenhuma lei que proíba a que a psicanálise seja exercita, portanto, como prevê a constituição, “esta poderá ser exercida livremente por qualquer cidadão, desde que respeitados os limites de atuação a que se propõe essa ciência”. Embora já haja tentativas de regulamentação ao longo dos anos, nenhuma delas obteve sucesso.

Quem Pode ser um Psicanalista?

Portanto, não há legalmente nenhum impedimento para que qualquer pessoa possa se tonar um psicanalista. Na verdade, essa prerrogativa surgiu com o próprio Freud. Para ele a análise poderia ser feita por qualquer pessoa que passe por um processo similar. Atualmente, há um entendimento de que o profissional deve obter sua formação — que requer, inclusive, horas de análise com um profissional já formado — para tornar-se apto a clinicar.